terça-feira, novembro 14, 2006





























3 comentários:

Jorge Sallito disse...

Graças ao bom Deus seremos poupados do seu material de extremo mau gosto e, porque não dizer, sem competência alguma.

Zenão de Östergaard disse...

quem foi o leitor filho da puta que escreveu pedindo uma trégua? Vendilhão, é o que eu digo! Entreguista, sentencio!Canalha! Sacripantas!

mas vem cá, tu num tinha desculpinha melhor pra falta de criatividade não?

drogadicto disse...

Espero que a crítica abaixo seja veradeira e não apenas uma gracinha de amigo próximo ou ente querido. A unanimidade é burra, dizia Nélson, e muito me desagradaria saber que as blasfêmias aqui publicadas agradam a todos. Viva a democracia! Afinal, como já diziam os bons sambistas da antiga, o que seria do malandro se não fossem os otários? Né, Jorge?