sábado, abril 07, 2007

Apropriações Indébitas # 05

Vez por outra nosso Fundo de Quintal Literário trará até vocês algumas das melhores postagens de outros blogs, procurando, assim, superar suas próprias limitações criativas e, sobretudo, homenagear as mentes em atividade na rede. Assim, dando prosseguimento à série, um post original de:


Karina Goda

TRAGICOMÉDIA


esse amor desanda
e sempre perde o ponto:
oferece champanhe,
quando a sede é de água;
estende abraços de orquídeas,
quando uma só margarida basta.

baby, sentimento não se sofistica, entenda.


* Uma Bic na mão e muitas idéias na cabeça. Verdadeiras delícias essas

10 comentários:

Diogo Lyra disse...

TEm muito mais de onde veio este, mas gamei neste poeminha...

revolution_9 disse...

Bonito!

Hi disse...

lindo, lindo, lindo

delyrante delira, vosso blog encontra-se devidamente linkado no meu diário internético.

beijos

Hi

SAMANTHA ABREU disse...

nossa!
que lindo!
tô indo correndo lá...
byebye

luciene disse...

Diogo até mesmo na hora de selecionar o que é dos outros você é competente! Que lindo poema!
Adorei!
;)

4rthur disse...

foda.

Karina disse...

Resta-me agradecer, com uma pequena grande reverência! :)

Tamires disse...

Gostei!
O cara deve ser rico...
;)

Diogo Lyra disse...

rs...

Karina disse...

Tamires, essa foi boa! rs

:D