segunda-feira, abril 09, 2007


FUGACIDADE

Era um homem triste e solitário, como convém aos obscuros. Era feio. Era burro. Era pobre. E dançava como um pateta. Sempre soube do ostracismo e sempre sofreu da negligência. Era inodoro. Era insípido. Era incolor. Pois era albino. Também.


Naquele dia, contudo, foi diferente. Ele, triste e solitário, feio e burro, naquele dia, ou melhor, naquela noite, dançou como um pateta mas chamou a atenção de alguém. Que lhe queria bem. E não queria ficar só. Como ele, o albino. Após o coito inédito, decorrência de uma noite inédita, cheia de sabores, cores, corpos, copos, ele e ela, sobre e sob, acordou já pela manhã. Dirigiu-se ao banheiro. Foi se lavar. Olhou-se no espelho e, no meio de um sorriso, repetiu para si mesmo “hoje é seu dia de sorte”.

13 comentários:

gigi disse...

Está tão bom, mas tão bom que não precisava desse final em negrito. Ficou meio óbvio. Tiraê, tio!

beijos.

luciene disse...

Ah Diogo, seus textos são sempre maravilhosos...

Diogo Lyra disse...

Você tem razão Gigi. Esse finalzinho maculou a qualidade do texto, ou melhor, mundanizou o tema da fugacidade deslocando-o do inesperado positivo para a desgraça fatal lugar comum.
Que jóia de comentário!!!!!!!!!!
Beijocas!

Cascarravias disse...

adoro nanocontos. poucas palavras e muito espaço pra interpretação e conjecturas.

gigi disse...

Ficou ótimo, Di. Você é um gênio, não precisa fechar seus contos como faz a patuléia comum. Deixa assim, meio reticente mesmo... Dessa forma, o leitor infere o que quiser.

Queria que vc postasse mais de sua literatura. Eu já fui capaz de ir pra uma lan house só pra ver se tinha novidade no FQL.

beijocas.

*¢£@üD!NhA''' disse...

Confortante.

4rthur disse...

Confesso que me afeiçoei ao Albino. Entretanto, imaginei-o com a cara do Hermeto Paschoal, embora duvide que o bruxo seja inodoro.

Cascarravias disse...

tem cara de quem fede muito.

marcos disse...

Gostei do estilo "nanoconto"...
Já tive meus dias de albino, mas tb já tive os de sorte!
Abração rapaz!

Tamires disse...

Como ele tem tanta certeza que a garota irá continuar com ele?Um encontro bom garantirá um segundo...?

Beijão Lyra.

Diogo Lyra disse...

É bem possível que a mulher tenha se mandado antes mesmo que ele saísse do banho. Mas convenhamos, para um albino feio, burro, pobre, que dança como um pateta, uma noite só e nada mais já é um prêmio e tanto...

Volte sempre, seus comentários são hilários...

bjs

4rthur disse...

Talvez fosse até melhor que ela tivesse semandado embora mesmo, daria àquele momento fugaz ares de sonho e pouparia nossas personagens dos momentos constrangedores do pós-onda...

Fernanda Alves disse...

Poderia estar numa música do Chico este nanoconto.