segunda-feira, julho 09, 2007


La dame en noir

Consumida por pensamentos e taças de vinho, entregue à histeria momentânea da falta, ela, que sempre se sentira dona da situação, senhora de sua própria vida, começava a dar-se conta de que jamais fora independente de fato. Pensava nele, o maldito, e era incapaz de evitar a angústia dilacerante que lhe varria o corpo e deixava sua carne trêmula de ansiedade e fraqueza.

A falta que ele fazia preenchia sua vida de um vazio por si só tão volumoso que, nos momentos de rara felicidade e naqueles de eterna dor, era esse nada, justamente, que a tomava e a tornava por inteira uma escrava de sua eterna lembrança. Vinte anos juntos e tudo o que conseguira fora uma relação tão repleta de vícios que não seria exagero dizer sobre ela mais um hábito mortalmente estabelecido que uma escolha realmente prazeirosa. Caíra doente, inclusive, um sem número de vezes nos últimos tempos em que teve ele ao seu lado mas, cega de desespero, só pensava em reencontrá-lo ao menos uma vez mais.

Suzy ainda não sabia, porém, naquela noite quando saísse, após duas longas semanas de privação, ela enfim cederia e voltaria novamente a fumar.


15 comentários:

Vivi disse...

Ahá! Quem pensou que estava lendo um trecho daqueles romances de banca de revista, estilo "Bianca", "Sabrina" se enganou redondamente no final! Claro, só se o leitor em questão não é um "assinante" do FQL!

Cascarravias disse...

nicotina nicotina entra no meu pulmão... cigarro é vida.

Rosa disse...

Gostei!

SAMANTHA ABREU disse...

esse está no meu "top mind" ahahaha
sabe que é o gênero que adoro... essas mulheres assim, deliciosamente fudidas!

amei, Diogo. Amei.

Beijos

marcos disse...

Sempre um final surpreendente...

srta. bia disse...

mais uma fã de alcione.

*¢£@üD!NhA''' disse...

FODAAAAAAA!!

Adrian Masella disse...

Me deixou confuso!!!
Os vinte anos juntos, eram com o cigarro????

Mas enfim, coitada dela...
Privação mata!!!

Tamires disse...

Vc é surpreedente garoto!

Rosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roberta disse...

Acho que passei pelo mesmo que a Suzy ao tentar parar de fumar...

4rthur disse...

Me enganou de novo. Enquanto lia o texto, achei que "ele" era... um vibrador.

thaís disse...

O sempre virtuoso Sr. Lyra...

Caito disse...

Não aguentou a pressão!

gigi disse...

tão lindo, dig!