sábado, fevereiro 03, 2007

Vez por outra nosso Fundo de Quintal Literário trará até vocês algumas das melhores postagens de outros blogs, procurando, assim, superar suas próprias limitações criativas e, sobretudo, homenagear as mentes em atividade na rede. Neste primeiro número, como não poderia deixar de ser, um post original de:

Clara Mazini

Estático e inquieto.
Engraçado... algumas coisas parecem apenas encontrar sentido em sua própria contradição.
Vermelho, verde, vermelho, verde.



* descubra o casamento perfeito entre fotografia e poema no blog

COSTUMAVA SER ASSIM...

8 comentários:

Hi disse...

ah, ainda nao vi meu blog linkado, e se puder me enviar um passo a passo como incluo os links no meu, o seu obviamente estará presente em minha estreira lista!

beijos e bom fim de semana!

Hi

Clara Mazini disse...

Gracias, muchacho!
:]

Daniela Lima. disse...

Obrigada pelo comentário, volte quantas vezes quiser, o meu segundo blog ainda está muito no começo.

Linda - e justa - a homenagem a Claruska.

Vou colocar um link pra você lá no blog.

Beijos.

Diogo Lyra disse...

É pessoal, só posso dizer que, no caso de nossa querida Clarimanzini, uma imagem não vale mil palavras, pois ambas, juntas, valem mil sensações!

paulo disse...

nossa, muito boa essa menina!

edu disse...

fala diogo, me amarrei no teu blog!
desculpa demorar tanto a fazer um comentário, mas quando vi essa suua postagem me empolguei - vc sabe que eu tô fazendo fotografia, né?! muito legal mesmo o trabalho dessa sua amiga, vou visitar a página dela e ver o resto das coisas.
vamos marcar um chopp!

ana disse...

boa indicação...

Diogo Lyra disse...

edu velho de guerra, ana e paulo supostamente desconhecidos, fico feliz que tenham gostado deste post e, se é que isso já não aconteceu, sugiro uma visita ao site da Clara, pois lá tem muito mais!!!